Notícias

Notícias

25/02/2019 - Bancos
Itaú impõe aumento de 11% no plano de saúde dos funcionários

Itaú impõe aumento de 11% no plano de saúde dos funcionários

O Itaú impôs, de forma unilateral, aumento de no mínimo 11% no plano de saúde dos seus funcionários. Para a Central Nacional Unimed o reajuste foi de 11% e para a Fundação Saúde Itaú de 11,54%.

“O Itaú não procurou os representantes dos trabalhadores em nenhum momento para negociar e nem mesmo para justificar esse aumento abusivo. Cabe lembrar que foi o próprio banco que, diante da insistência dos trabalhadores em melhorar as condições para os aposentados nos planos, optou por acabar com a participação dos segurados na gestão dos planos. Esse aumento abusivo, arbitrário e unilateral, é consequência direta da exclusão dos trabalhadores da gestão”.

Os mais prejudicados com o aumento são os aposentados, que de acordo com a Lei 9.656 precisam arcar com o custo integral do plano de saúde, e os segurados que possuem agregados, que terão um custo total ainda maior com o reajuste abusivo.

“É uma total falta de respeito com o direito à saúde dos funcionários do Itaú, um banco que somente em 2018 lucrou R$ 25,733, resultado construído por essas mesmas pessoas que agora serão prejudicadas com esse aumento abusivo e arbitrário, que é totalmente desproporcional ao reajuste de 5% que tivemos nos salários”.

 

blog comments powered by Disqus
Pesquisar
Filiado à:
CONTEC

 

NCST

 

 

 

Webmail
Usuário:

Senha:

Entrar
 

» Esqueci minha senha